Busca:

Categoria Arquivos: Educacional sobre cartoes de credito

Roubo do Cartão de Credito


A maioria das pessoas têm um cartão de credito, mas nem todas sabem o que fazer quando o cartão de crédito é roubado. É importante não entrar em pânico!

Mais

Cartão de credito pre-pago


A maioria das pessoas conhece o cartão de crédito tradicional, mas sempre há alguma nova modalidade pensada para novos clientes. Nos últimos anos surgiu o cartão de crédito pré-pago que funciona com saldo pré-carregado.

O cartão pré-pago é especial para pessoas que não podem acessar a um cartão tradicional: porque não têm credito suficiente ou não têm crédito diretamente. Também foi pensado para adolescentes já que permite aos pais manter o controle do dinheiro.

É fácil de solicitar, geralmente através de um site na internet; o interessado só deve preencher um formulário e mandar os dados on line. Alguns cartões pré-pagos têm uma taxa anual e uma taxa de inatividade! Lembre-se de ler as letras pequenas do contrato, sempre!

Os cartões de crédito pré-pagos, ao igual do que os cartões tradicionais participam dos programas de recompensas, prêmios ou pontuações, e têm proteção contra perda ou roubo. Para fazer compras a função é semelhante à de um cartão de débito e difere porque não está ligada a uma determinada conta bancaria. É fácil de carregar, através de transferências on-line ou por telefone.

Uma das grandes vantagens e que o cliente nunca poderá gastar mais dinheiro do que tem no saldo, o que evitará as dívidas!

Cartão On line


A nova modalidade para fazer compras é através da Internet. As chamadas “compras on line” são simples, rápidas e práticas.

Destinadas a pessoas modernas, que não têm tempo para sair da casa ou do escritório, ou que simplesmente escolhem o que querem, quando querem, onde estejam. Para acessar ao mundo de compras on line é preciso ter um cartão de crédito e saber usá-lo sem medo.

Na internet se encontra tudo o que as pessoas precisam; a variedade de produtos é infinita, oferece bons preços e, geralmente qualidade. Para que a operação seja um êxito, é preciso saber se o site e seguro e confiável para não perder dinheiro, nem comprometer os dados pessoais e os dados do cartão; é por isso que é importante:   

  1. Comprar em sites conhecidos.
  2. Certificar que o seu computador tem todas as atualizações em relação a spyware e vírus.
  3. Instalar um software especial que garante a segurança das transações com cartões de crédito.
  4. Olhar a morada do site: se a página começa com http:// não é segura e se começa com https:// (encriptada) a página é segura.
  5. Identificar um cadeado na barra de endereço.
  6. Se puder, contatar a loja diretamente e verificar sua existência.
  7. Verificar se a empresa tem um certificado SSL ou BBB no site; trata-se de símbolos de segurança on line.

Comprar on line com o cartão de credito é uma maneira ágil de fazer compras, cada vez mais comum! Não é para temer, só para ter cuidado: antes de colocar os dados pessoais verifique todas as dicas do artigo para que a compra seja segura e não tenha problemas

Recompensas e beneficios do cartão de credito



Os cartões de crédito oferecem diferentes tipos de ofertas, programas de recompensas ou fidelização, e vantagens que, muitas vezes, ajudam à economia dos clientes. As opções e variantes de cartões de crédito são infinitas, o que faz a escolha muito difícil; a competência entre os bancos e as empresas, para ganhar novos clientes e manter os que já têm, é cada dia maior e o cliente deve se beneficiar disso! 

Os clientes podem ganhar dinheiro de diferentes maneiras: os programas de recompensas oferecem descontos, milhas para viajar e até outros prêmios com os pontos conseguidos através das compras realizadas, o sistema “cashback” e outros.

Todos esses sistemas de ofertas parecem simples e fácies, mas sempre é preciso fazer uma avaliação e pesquisar antes de escolher o melhor cartão de crédito: sempre tem que ler as letras pequenas.  

Como ganhar?

O cliente tem que pensar primeiro se realmente usa muito o seu cartão de credito; os programas de recompensa com pontos, por exemplo, são destinados às pessoas que usam freqüentemente o cartão. Se não for seu caso, deverá esperar muitos anos para ganhar um prêmio ou vôo grátis. Além disso, é bom avaliar quanto deverá gastar para obter um bônus…

É preciso considerar também o prazo de validade dos pontos ou bônus; geralmente têm um limite de tempo para ser resgatados e é possível que o cliente fique sem ganhar nada.

Se o cliente tiver dívida no cartão  de crédito, os programas de ofertas não ajudam: a taxa de juro dos cartões que oferecem ofertas será mais elevada que o cartão de crédito sem as ofertas.

A anuidade também precisa de atenção: quem paga uma anuidade por um cartão com ofertas, deverá gastar uma quantidade de dinheiro anual para ganhar um bônus. Novamente, é preciso que o cliente se pergunte se usa o cartão de credito tanto assim como para justificar o valor do cartão!

Uso racional do cartão de crédito


Em junho entraram em vigor as novas regras de cartão de crédito que têm o objetivo de incentivar o uso racional do instrumento e ajudar as famílias a reduzir o endividamento excessivo; a decisão tem relação com as crescentes reclamações de usuários contra as empresas de cartões de crédito.

Com as novas regras, se padroniza a cobrança de tarifas e o pagamento mensal mínimo não poderá ser inferior a 15% do total da fatura, entre outras mudanças importantes:

  • São permitidos dois tipos de cartão de crédito: básicos (para pessoas físicas, sem programas de recompensas) e diferenciados (com vantagens e programa de benefícios); os dois cartões poderão ser nacionais ou internacionais. A anuidade do cartão básico deve ser menor que a do cartão diferenciado. O detalhe dos benefícios e tarifas dos cartões diferenciados devem ser divulgados pela internet e em tabelas nas agências.
  • Os bancos podem cobrar apenas cinco tarifas: anuidade, emissão de segunda via, uso para saque em dinheiro, uso na função crédito e pedido de urgência para análise de aumento de limite. As tarifas devem ser divulgadas pela internet e em tabelas nas agências, inclusive por outras instituições financeiras, para que o cliente possa comparar.
  • Os bancos devem explicitar nas faturas mensais de cartão: limite de crédito (total e individuais, para cada tipo de operação de crédito); gastos realizados, inclusive quando parcelados; a identificação das operações de crédito contratadas e respectivos valores; os valores relativos aos encargos cobrados; caso o cliente opte pelo pagamento mínimo da fatura, o valor dos encargos a ser cobrado no mês seguinte; Custo Efetivo Total (CET), taxa percentual com todos os custos pagos na contratação de operações de crédito, para o próximo período.
  • A partir de 1º de junho de 2011, o pagamento mínimo da fatura mensal é de 15% do saldo total e de 20% a partir de 1º de dezembro de 2011.
  • O envio de cartões de crédito só acontecerá mediante expressa solicitação do cliente.
  • Assim que o cliente solicitar, o banco é obrigado a cancelar o produto de cartão de crédito, e o consumidor, deverá continuar pagando as parcelas contratadas.

Quando o amor próprio se fere, o cartão de crédito sofre


Quando o ego de uma pessoa é atacado, a tendência é a frustração ser compensada pelo cartão de crédito. É a conclusão de um estudo publicado no periódico Social Psychological and Personality Science. De acordo com os especialistas da Universidade de Cornell (EUA) e da Escola de Negócios de Londres, isso ocorre porque ver o dinheiro indo embora com a compra de produtos de luxo pode ser doloroso. Mas usar o cartão de crédito nem tanto.

cartoes-de-credito

Para realizar um primeiro o estudo, os pesquisadores pregaram uma peça nos voluntários. As pessoas tinham de participar de um teste de computador. Ao fim da tarefa, metade recebeu um resultado preocupante: "habilidade lógica e raciocínio espacial na faixa de 12%" – que, traduzindo, significa: "você é meio burro". O resto dos participantes recebeu um resultado na casa dos 88%, uma performance muito boa.

Mais

Porque os cartões serão mais usados que o dinheiro


O mercado de cartões é um dos que mais crescem no Brasil. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), o volume de pagamentos eletrônicos no Brasil aumentou 576% nos últimos dez anos e alcançou 542 bilhões de reais.

cartao de debito

A cada três ou quatro anos, dobra o total de recursos movimentados via cartões. Estão em circulação no Brasil cerca de 648 milhões de plásticos – o que dá uma média superior a três cartões por habitante. O que mais impressiona é que esses números ainda são tímidos quando comparados com o de países como os Estados Unidos.

Mais

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil